– Puxa!, como você está bem disposto!
Não mudou nada nestes vinte anos,
Apesar de na vida os desenganos
Lhe causarem problema e algum desgosto…

Nem tem rugas que marquem o seu rosto,
Vivendo neste mundo que é profano!
Como pode manter-se, oh,  ser humano,
Tão sereno e de porte tão bem posto?!…

– Agradeço por esse comentário,
Porque o corpo é do espírito o sacrário,
É um templo que precisa ser cuidado…

Mas confesso-lhe, mesmo sem desdita,
Se a embalagem ainda está bonita
O produto já está deteriorado!…

Anúncios