Um dia ainda escrevo a minha história,
Sem pretender que vire uma novela,
Porque foi bem comum e é claro que ela
Não servirá aos anais como memória.

Mesmo assim ela teve alguma glória,
Embora houvesse enganos e mazelas,
Mas não creio que as escorregadelas
Puderam empanar minha vitória!…

Um menino bem pobre fui nascido,
Mas me fiz vencedor, não um vencido,
Já que não me entreguei nem vi perdida

A tarefa de dar orgulho aos pais,
Que me educaram e se não deram mais
Foi porque os maltratou a própria vida.

Anúncios