Uns dizem que o vento geme
E outros, que o vento canta…
Uns dizem que a chuva mata,
Mas isso não pensa a planta…

Uns dizem que o mal aumenta
Os outros, que está acabando.
Uns dizem que arde a pimenta
Outros, que está temperando.

Uns dizem que a noite é feia,
Outros, só falta de luz,
Uns dizem que tudo é caos,
Outros, só seguem Jesus.

Uns dizem vou sempre em frente
Outros, vão de marcha a ré
Uns querer ter vida amena
Outros na luta tem fé.

Uns, mesmo ricos, se queixam
Outros são resignados
Mesmo quase nada tendo
Vivem sempre conformados.

Uns querem carro de luxo
Outros só o pé para andar
Uns comem pra encher o bucho
Outros só pra alimentar.

Uns querem mansão na praia
Outros somente um barraco
Uns mesmo magros têm força
Outro é gordo, mas é fraco.

Uns têm paciência de sobra
E sempre confiam em Deus
Outros de Deus tudo cobram
Mas se confessam ateus.

Uns tem na vida a alegria
Outros se queixam da sorte
Uns querem viver bastante
Outros desejam a morte.

Uns são sempre bons amigos
Outros só nos fazem mal
Uns oferecem abrigos
Outro é sempre desleal.

Porém, de um jeito ou de outro
Todos seguem rumo ao fim,
Cada um pensando em si
E ninguém pensando em mim.

Anúncios