Fim de semana! Esquentando o miolo,
Meses a fio, na Vila Maria,
Fez o meu pai lá na periferia
Nossa casinha: tijolo a tijolo.

Todo domingo lá estava e comia
Pão, mortadela, café, leite e bolo;
Dinheiro pouco, mas para consolo,
Viu, finalmente, a sua moradia…

Chegou o dia da nossa mudança:
O pai, a mãe, o meu irmão criança
E eu lá fomos, em um caminhão…

Descarregando, eu ouvi um barulho!
Olhei a casa, era um monte de entulho;
Raio malvado jogou-a no chão!…

Do Livro “O Grande Mar” – 2002
Anúncios