Como se fora uma longa peça
Que é dividida em seus diversos atos,
Tive outras vidas, tive outros retratos,
Mas o que fui isso não me interessa…

Que adiante ter sido conde ou condessa
Ou um senhor de negros e mulatos,
Se hoje tenho de enfrentar os fatos
Da nova etapa, onde eu luto à beça…

Das outras vidas que larguei na história,
Só me interessa reter na memória
O que me possa trazer bons exemplos…

Pois neste novo ato, nova infância
Não sou além da insignificância
Da minha própria soma de outros tempos…

Anúncios