– Apedrejemos, era o grito revoltado…
– Mas, insistiam, que se o faça até a morte.
– Ela pecou e não é justo se comporte
Fora do que na nossa lei está consagrado…

Vendo a mulher, todos temiam por sua sorte,
Quando Jesus rabisca a areia, inspirado,
E diz: – Aquele que jamais tiver pecado,
Atire já a primeira pedra! Ante o olhar forte,

Foram saindo, pouco a pouco, um a um
E quando ali já não restava mais nenhum,
Muito sereno e sempre envolto em grande paz,

Disse-lhe o Cristo: – Viu, ninguém te condenou
E, assim, mulher, tampouco eu fazê-lo vou…
Segue o caminho, mas não peques nunca mais!

Anúncios