Por muitos anos, sem comprar um pano
A minha mãe, aos filhos, dedicou-se
Para que aqueles que ela ao mundo trouxe
Não se agastassem por ter desenganos…

Assim lutou! E o fez por muitos anos!
Sempre ao seu lado, meu pai esforçou-se,
E os dois na vida só levando couce,
Não desistiam de seguir seus planos…

Queriam dar aos filhos bom futuro,
Mesmo que fosse com trabalho duro,
Para que alegres pudessem viver.

Por isso hoje, e o faço por direito,
Rendo-lhes graças pelo que foi feito,
Com muito amor e intenso bem-querer!

Anúncios