A Câmara decidiu
Dar a todo aposentado
16 e 6 por cento,
De aumento, padronizado,
E foi da mesma opinião
O pessoal do Senado.

Só gasto e perda de tempo
No poder legislativo;
Esse assunto foi levado
Ao “dono” do Executivo
Que já prometeu vetá-lo
Por não ser aplicativo.

Isto é democracia
Ou velada ditadura?
O assunto é mesmo sério
Ou coisa de caradura,
De quem sempre ri do povo
E em cima dele fatura?

Disso tudo se conclui
Que só existe espertalhão;
Querem mesmo é fazer média
Pois está aí a eleição;
Uns dizem pensar no povo
E o outro em nossa nação.

Isso acontece por que
O velho neste país
É produto descartável,
Como já seca raiz,
E se morrer mais depressa
Deixa o governo feliz…

A vocês, seus insensíveis,
Que vivem com mesa farta,
Sem se importar com a criança
Ou  se o pobre  velho enfarta,
Envio-lhes doce recado:
– Vão para o raio que os parta!

O autor demonstra sua indignação ante as leis brasileiras. Aposentou-se em outubro de 1980 por essa fraudulenta CLT com 6,95 SM depois de contribuir pelo teto por 33 anos. Hoje recebe 3,55 SM. Mais alguns anos e estará nivelado aos que contribuem pelo mínimo. Só lamenta não ser funcionário público…
Senhores, nos encontramos no inferno. Até já!

Anúncios