Que prazer pode ter um jornalista
De mostrar os segredos de uma arte,
Se o sigilo do marketing faz parte
Pois é fruto de luta e de conquista.

Eu vi nesta Olimpíada muito artista
Preparando seus fogos e estandartes,
Com luzes que se viam até de marte,
Mas vieram os piratas plantonistas.

No mercado desse mercenarismo,
Onde o furo sucede o egoísmo
O respeito já há muito foi perdido.

E a festa que devia ser surpresa,
Não passou de reprise de beleza.
Porque tudo já era conhecido.

Anúncios