Futuro? Não existe; é utopia…
Desafio que alguém nele viva agora,
Que possa libertar-se desta hora
Em que vive atrelado ao dia-a-dia!

No curtir do presente está a alegria,
O tempo que é possível vida afora,
Pois quem quer apressar-se só piora,
E tropeça, inseguro, em nostalgia!

Por mais que desejemos, o minuto
Que vai célere, firme e resoluto,
De sessenta segundos necessita…

Quem deseja ir com mais velocidade,
Em vez de conquistar felicidade,
Terá, por consequência, mais desditas!…

Anúncios