Quanto tempo inda mais eu vou viver,
É algo que amiúde me pergunto,
Antes de transformar-me num defunto
E depois no outro mundo renascer?

Muita gente não gosta deste assunto,
Já que treme ante o fato de morrer,
Mas desejo nesta hora lhes dizer
Que tudo isso é parte de um conjunto.

Se a vida, na verdade, é uma beleza,
A morte não se veja com tristeza
Porque confere a nossa evolução…

Por isso, se com Deus tenho conversa,
Declaro: de morrer não tenho pressa,
Mas sigo aberto à negociação.

Anúncios