Tenho a graça da saúde,                             
E até saúde de graça,
Quando caminho na orla,
Pelas ruas, pelas praças,
Porque aqui tudo é saudável,
Com ar puro, sem fumaça.

De manhã, na caminhada,
Recebo todo o carinho
Da natureza bondosa
E deixo pelo caminho
Qualquer tristeza ou problema,
Respirando o ar marinho.

Com sua generosidade,
Oferece a natureza,
Sem nada pedir em troca,
Todo amor, toda beleza,
Na maresia e na brisa
Que espantam qualquer tristeza.

Toda essa graça é de graça…
É só não termos preguiça,
Pois senão o corpo emperra
E logo depois enguiça,
Quando chegam os urubus,
Já farejando a carniça!

Quem tem a oportunidade
Vê que isso é um privilégio
E não se doar à vida,
Desfrutar seu florilégio,
É ser ingrato com Deus,
Cometendo um sacrilégio.

Acorde quem está dormindo…
Ponha a saúde no pé,
Vá fazer a caminhada,
Enquanto reza com fé,
Na certeza de que a vida
É bela; porque ela é!…

Anúncios