Desde o início, tu finges que me ama
E eu correspondo e finjo que acredito!
Quem nos olha diz “é um amor bonito,
Bem mais quente que o fogo de uma chama”!…

Nenhum dos dois jamais de algo reclama;
Se conversamos, não se ouve um grito
Nem um comportamento mais aflito;
Sou para ti o Senhor, és a Madama…

Pena que é só uma névoa de aparência,
Exercício da nossa resistência
Para trilhar, fingindo, a nossa vida…

Oxalá que nós dois nos toleremos
Até o fim e, ao final, nos abracemos,
Ao pedirmos perdão na despedida!…

Anúncios