Ilações 2 – junho 2002

Depois do dia é a noite
Se sai o sol foge a lua
Chicote bate de açoite
Toda verruma tem pua
Pão velho não tem miolo
Preto é chamado crioulo
Mendigo dorme na rua

Cachorro late, não fala
Buzina só faz ruído
Quem viaja leva mala
Todo valente é metido
Lugar de criança é escola
No mar tem sempre marola
Quem sente dor dá gemido. 

Poeta é pai do seu verso
O boi termina no açougue
O lado oposto é o reverso
Cachorro inglês é um dogue
A ventoinha faz vento
Todo filho é um rebento
Quem bebe termina grogue. 

A carne podre é carniça
Sapato se usa no pé
O vadio tem preguiça
Quem é ateu não tem fé
O diabo é o satanás
Quem vai de ré vai pra traz
O leite é bom com café

Quem bajula quer vantagem
Segredo é pra se guardar
Seguir pra longe é viagem
O rio deságua no mar
Cavalo pequeno é potro
Se não é esse é o outro
Café se faz ao coar

Velho joga dominó
Duas rodas é bicicleta
Lugar longe é cafundó
O corredor é um atleta
No teatro tem artista
Pedra bonita é ametista
Mulher modesta é discreta 

Toda caneca tem alça
O calor nunca é gelado
Sobre a cueca vai calça
Não existe sol quadrado
Dólar é mais que Real
Se é louco não é normal
Carro não anda quebrado.

Tinta fresca suja a mão
Comida ruim é indigesta
Com molho é bom macarrão
Galho feio dá na testa
Soldado é um militar
O rio termina no mar
Se é porcaria não presta…

Semana tem sete dias
O caminhão leva a carga
Dinheiro traz alegrias
Se é doce não é amarga
Não escreve o analfabeto
Todo modesto é discreto
A rua estreita não é larga.

 O Brasil é um continente
Navio flutua no mar
Não vai pra traz vai pra frente
A lua faz o luar
Caranguejo dá no mangue
No filme tem bangue-bangue
Trabalhou tem de ganhar.

O terno é sempre elegante
O Shopping é muito chique
Quem tropeça vai pra diante
A histeria dá chilique
Perfume só tem bom cheiro
Segundo não é primeiro
Rico só compra em butique

Música tem melodia
O pescador joga o anzol
Se não é noite é de dia
Diariamente nasce o sol
Schumacher é um campeão
Fieira roda o pião
Cerveja boa é da Skol

O Brasil tá ruim de bola
Basquete é bola na cesta
Muito elegante é cartola
Nem todo burro é uma besta
Na frigideira se frita
Pedra quebrada é uma brita
Antes de sábado é sexta. 

Palavra igual forma rima
Chuva miúda é garoa
Debaixo não é em cima
Melancia é coisa boa
Dor ruim é a dor de dente
Não tem cuidado é imprudente
Preguiçoso vive à-toa.

Anúncios