Rogaciano Bezerra Leite – PE

Quando falas porque vivo sorrindo
Falas também por eu viver cantando
Se a vida é bela e se este mundo é lindo
Não há razão para eu viver chorando

Cantar é sempre o que a fazer eu ando
Sorrir é sempre o meu prazer infindo
Se canto e rio é porque vivo amando
Se amo e canto é porque vivo rindo.

Se o pranto morre quando nasce o canto
Eu canto e rio pra matar o pranto
E gosto muito de quem canta e ri

Logo bem vês por estes dotes meus
Que quando canto, estou pensando em Deus
E quando rio, estou pensando em ti.

Anúncios