Tenho um amigo dileto
Lá na casa da poesia,
Que me trata com afeto
E com muita cortesia!…

É um poeta discreto,
Que compõe no dia a dia
Poemas do seu trajeto,
Com verdade e fantasia…

Ele é Dornélio Barbosa
Meira, alma caridosa
E de muita inspiração!

É bom ter amigo assim,
Pois é o que vale, por fim,
Nesta peregrinação!

Anúncios