Obrigado, Senhor, por este sono
Desta noite tranqüila que me deste
E também pela roupa que me veste
Evitando que eu sofra no abandono…

Eu sei que o livre arbítrio me faz dono
Desta vida, e nisto estou conteste,
Mas também sei que orgulho é uma peste
E egoísmo só causa desabono…

Agradeço, Senhor, por este dia
Que eu espero viver com alegria
E amansar ainda mais meu coração…

Aceitaste-me qual filho dileto
E como gratidão por teu afeto
Prometo aproveitar a encarnação.

Anúncios