Amira Lepore, a vidente.

Lembram-se das previsões desta senhora que, como a Madame Gilda da novela, tudo vê, tudo sabe e tudo fala?

No final de 2009, ela afirmou mais uma vez que o presidente Lula sofreria infarto, atentado ou acidente aéreo, antes do carnaval de 2010. E aí!!!

Ela disse que haveria possibilidade de Dilma não ser candidata à presidência. Parece que errou, de novo!!!

Disse que o Corinthians seria o campeão da Libertadores. Já dançou, faz tempo!!!

Não houve os acidentes da TAM (3) em Congonhas, que ela afirmou que aconteceriam. Também nisso ela furou!!!

Disse que o Brasil não chegaria lá, na Copa do Mundo, e que estariam bem Espanha, Portugal, Costa do Marfim e África do Sul. Exceto a Espanha, que aliás foi para a Copa como uma das favoritas e ainda continua sendo, sem precisar de vidência, os outros já estão em casa. E o Brasil vai indo, pelo menos até este 1 de julho…

Por que ela não previu o sucesso dos sul americanos que já estão – exceto o Chile devido ao confronto direito com o Brasil – nas quartas de finais?

Por que ela não previu os vexames da França, da Inglaterra e da Itália?

E quanto aos erros de arbitragem que eliminaram indevidamente países em condições de sucesso? Isso seria algo interessante a ser previsto por uma vidente “extraordinária” como Da. Amira Lepore.

Por que ela não disse que o Sr Joseph Blatter, presidente da FIFA, pediria desculpas às delegações roubadas, como a igreja pede desculpas pelos erros da inquisição e crimes de pedofilia ou como o Sinédrio fingiu arrependimento pelo equívoco de condenar Jesus à cruz, ilegalmente porque não havia quorum para o julgamento? Pedir desculpas é muito cômodo, mas os erros não são consertados.

Essas videntes são umas enganadoras e os trouxas tentam adaptar o que acontece em suas vidas às possíveis previsões. Aquelas do tipo: Você está triste com um amor não correspondido; você anda muito nervosa, mas tudo vai ser resolvido; você não está satisfeita no emprego; coisas desse tipo. Ou aquelas: este ano morrerá um artista famoso e um conhecido político ou a corrupção continuará grande no Brasil!

Se essas pessoas fossem realmente médiuns, saberiam que ninguém deve enriquecer a custa das adivinhações. Se são os espíritos que informam, os médiuns não devem ganhar dinheiro por um trabalho que não fizeram. Tudo vigarice.

Espero que neste final de 2010 os jornais, especialmente os da Paraíba, que é onde moro atualmente, não mais cedam para baboseiras espaços caros e importantes que podem ser aproveitados por reportagens e entrevistas sérias, com alguém que tem realmente algo importante e útil para ser dito.

É o que espero…

Anúncios