Aquilo que é real, ninguém enxerga.
O corpo se desfaz num mero instante;
A alma, sim, tem vida que é constante
Embora algumas vezes também verga.

Desejo o homem tem, não obstante,
Não luta nunca contra, pois alberga
No íntimo os prazeres e posterga
O bem, por isso não caminha adiante…

O mundo da matéria é uma ilusão.
Porque só os olhos que há no coração
Podem ver tudo aquilo que é real…

O espírito é invisível, mas concreto,
Por isso quem caminha em passo reto,
Irá aportar no Céu, jamais no umbral.

Anúncios