Como é triste esta nossa humanidade
Somente em seio e bunda ver virtude,
Deixando de educar a juventude,
Prestigiando só o que é mediocridade!

De corpo lindo, porém de alma rude,
Só querem exibir troféus da idade,
Peito, coxa, cabelo e na verdade,
Envelhecem vazios, isto amiúde!

Somos alma, bem mais que corpo efêmero
E a vida não é mais que um nictêmero,
Para ser tão vilmente desprezada…

A velhice nos chega e, bem depressa,
Iremos perceber perdemos, nessa
Ilusão, bela história projetada.

Anúncios