Muita palestra sei que você assiste;
O lamentável, é que ainda persiste
Em ser do mundo, em vez de ver primeiro
Que só se pode ter felicidade
Se a não buscarmos nesta sociedade,
No que se compra apenas com dinheiro!

Felicidade não é deste mundo,
Já disse o Cristo, em seu saber profundo,
Pois nos conhece e sabe como somos.
Mas se quisermos ter nossa ventura,
Todos podemos, nobre criatura,
Por que ela está somente onde a pomos…

Quem disse foi Vicente de Carvalho
Que ensinou-nos em ligeiro atalho,
Num dos sonetos seus, o “Velho Tema”;
Disse que existe a tal felicidade,
Porém que nós temos dificuldade
Em encontrá-la pelo nosso esquema…

Felicidade não é onde chegamos,
Mas a sentimos quando a procuramos,
Em um trajeto de boa diretriz;
Na caminhada e sonhos de uma vida,
Por essa estrada, às vezes, tão comprida,
Pensando em Deus, se pode ser feliz…

Mas este homem tão materialista,
Ciumento, orgulhoso e egoísta,
Só corre atrás das coisas descartáveis.
Talvez por isso nunca se dê conta
Que o seu próprio equilíbrio ele afronta
Formando a comunhão dos miseráveis.

Desperte cristão, siga o Messias,
Transforme o ritual desses seus dias,
Para sintonizar com os serafins;
Senão daqui haverá de ser banido,
E depois, mesmo estando arrependido,
Terá de reiniciar noutros confins!…

Anúncios