Mais um ano está findando,
E quando olho para trás,
Vejo que fiz quase nada,
Podia ter feito mais,
Amado, me divertido,
Ser um pouco mais sagaz!

Afirmam que o tempo passa,
Passa nada, está parado!
Nós que passamos por ele
Sem notar que ele, calado,
Sorri por não termos calma,
Aflitos sempre apressados!

Corremos, mas nem sabemos
Para onde estamos seguindo;
Nos dirigindo pra morte,
Nem vemos que estamos indo,
Sem perceber que na vida
Vivemos todos fingindo…

Fingindo de ser feliz,
Fingindo de ter amor,
Fazendo orações que apenas
Bajulam Nosso Senhor,
Mas mesmo não tendo fé
Nós temos um protetor!

Orgulhosos, egoístas,
Queremos levar vantagem
E para viagem tão curta
Enchemo-nos de bagagem,
Porque nós não percebemos
Que estamos só de passagem!

Não somos um ser humano,
Mas um Espírito eterno,
Que aqui decide se quer
Viver no céu ou no inferno,
Quando acabar este tempo
E terminar nosso inverno!

Hoje fomos presenteados
Com nova reencarnação,
Para aprender de bondade,
De respeito e educação,
Para depois, ao voltar,
Sentir paz no coração.

Quem quiser acreditar
No que estou a lhe dizer
Aproveite então seu tempo,
Decida amadurecer,
Mas se acha que é fantasia,
Basta pagar para ver!

Anúncios