Se não queres morrer como suicida,
Procura controlar teu alimento,
Jamais sobrecarregue o pensamento
E não encha de tralhas tua vida!…

Mesmo que ela não seja tão comprida,
Não te esqueças de que o discernimento
É importante em qualquer procedimento
Para ter-se a existência bem vivida.

O sucesso da boa encarnação
É saber controlar cada emoção,
Mantendo a mente sempre equilibrada!…

Nunca te importes com futilidade,
Invistas sempre na serenidade
E viverás feliz tua caminhada…

Este soneto, dedico a mim mesmo, relembrando Cora Coralina: “Feliz aquele que ensina o que sabe e aprende o que ensina.”

Anúncios