Foi num sete de setembro
Data que sempre me lembro
Que o Brasil foi libertado;
Mas libertado de quê,
Do PT, PMDB
Que o mantém escravizado?

Hoje tem PSD Tem o PSDB
De partido complicado
Tem o Prona e o PV
Além do PC do B
Nesse complô de safado.

Todas são pessoas supimpas
Comprovados fichas-limpas
Maquetes de honestidade,
Em todo partido existe
É o que afirmam dedo em riste,
Nos palanques da cidade.

– Vossa excelência é um ladrão,
Diz um numa discussão;
– Ladrão é vossa excelência,
Responde o mais canastrão,
Fazendo gestos com a mão
E usando a sua experiência.

Esse é um beco sem saída
Embora a lista comprida
Sugira nome variado,
Não dá pra encontrar um só
Que ao transformar-se no pó
Não vá pra o inferno embalado!

Libertar de Portugal
Foi muito fácil, normal…
Dom Pedro fê-lo sozinho!
Mas da Câmara e Senado
Ou de governo safado
Só muito devagarinho.

Porém temos de aguardar
Que o Senhor mande buscar
Esses anjos da maldade
Que logo serão trocados
Por outros já escalados
Que são homens de verdade.

Quem viver 50 anos
Vai ter menos desenganos
Porque o novo mundo já
Está se formando além
Preparando gente bem
Que vem pra nos governar.

Imaginam Deus dormindo
E pensam estar conseguindo
Dominar a humanidade?
Esperem, paguem pra ver
O que vai acontecer
Ao alvor da liberdade.

Já estamos todos cansados
De aturar tantos safados
Nesta vida de expiação,
Mas tempo novo virá
E com ele o Céu trará
Nossa regeneração!

Anúncios