You are currently browsing the daily archive for sábado, 18 outubro, 2014.

O raio x mostrou o osso bichado;
Parece que essa tal de osteoporose
Em mim está adiantada na sua dose,
E o esqueleto está meio carunchado…

Talvez por que eu não tenha praticado
Esporte e essa tal metamorfose
Criou em mim também muita esclerose,
Deixando-me com dor, meio travado!

Preciso de mais cálcio e vitamina
A “D” que não existe na rotina
Que tenho, quase sem banhar-me ao sol…

Eu devo caminhar, como exercício,
Sem que isso represente sacrifício,
Curtindo a majestade do arrebol!

 

Acordei às 5h30, com vontade escrever. Saiu isto…

A nossa maior tarefa
É o autoaprimoramento;
É o que de mais importante
Nós temos neste momento
Desta nova encarnação,
Pois aplicar a lição
É vencer o sofrimento!

Vamos usar a Boa Nova
Que nos guia com sua luz,
Para sairmos do escuro,
Porque ela é que nos conduz;
Cuide sempre de si mesmo,
Jamais viva a vida a esmo,
Escute o Mestre Jesus!

Olhamos o semelhante
Só procurando defeito,
Enquanto isso esquecemos
De analisar-nos direito;
Deixando o tempo passar,
Mas sem nos aprimorar
Na lei de causa e efeito!

Vamos ajudar os outros,
Na linha da caridade,
Porém jamais esqueçamos
Que hoje a nossa prioridade
É sair daqui mais forte
E o Evangelho é o suporte
Que nos ensina a verdade!

A tal da reforma íntima
Que apregoa o Espiritismo,
É para ser realizada
Aos poucos, sem fanatismo,
Até banirmos o orgulho
Que enche a alma de entulho
E nos leva ao egoísmo!

Aproveitemos, Amigos,
Esta passagem na Terra,
Porque o tempo vai depressa
E logo, logo, se encerra;
E quando chegar a morte,
Vamos reclamar da sorte
Como um cabrito que berra!

Só que ai não há desculpa!
Vagando na escuridão,
Como uma alma penada,
Parecendo assombração,
Nós ficaremos vagando
E alguma luz procurando.
Perdidos na imensidão…

Espero tenha entendido
Porque hoje está reencarnado;
Não é só para curtir
Deixando o esforço de lado,
Imaginando que a morte
Vai resolver a sua sorte
Porque estará liquidado!…

Viveremos para sempre;
Convença-se da verdade!
Fomos criados por Deus
Para ter eternidade
E não viver de recreio
Só vindo à Terra a passeio
Sem responsabilidade!

Aproveite enquanto é tempo
Esta sua caminhada,
Porque mais cedo que espera
Vai chegar ao fim da estrada
E depois que o mal for feito
Saiba que não tem mais jeito;
Reclamar não adianta nada!

 

A imagem acima é um risco para pintura em óleo sobre tela, de Leonardo da Vinci.
Boletim Informativo "Tribuna Literária"
outubro 2014
S T Q Q S S D
« set   nov »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

Leituras

  • 58.821 poetas

Entre com seu email para assinar este blog e receber notificações de novos artigos postados.

Junte-se a 31 outros seguidores