Em vez de eu osculá-la, dou-lhe um beijo;
Aperto-a num abraço, em vez de amplexo;
Por que devo expressar-me em tom complexo
Para falar de tão simples desejo?

Muitas palavras não carregam nexo,
Por isso assim falando eu não me vejo,
Quero é me declarar, e neste ensejo,
Fico ajoelhado em vez de genuflexo!

Se eu desejar falar muito erudito,
Vou confundir o dito por não dito
E acabo me perdendo em tanto apuro…

Porém se eu me expressar sem tal requinte,
Terei sucesso, pois, por conseguinte,
Eu me declararei bem mais seguro!

Anúncios