Às vezes as doenças de um mortal,
São os testes que aferem se o sofrido
Sabe ser superior, se o combalido
Consegue superar algo anormal!

Aquele que só vive entristecido,
Visite um leprosário, um hospital,
Um asilo e verá que este seu mal
É algo que não tem qualquer sentido!

Quem tem mente segura e pés no chão
E pode caminhar alegre e são
Sem precisar do apoio da bengala,

Apenas já por isso é um felizardo,
Jamais deve sentir-se qual bastardo,
Esquecido por Deus, numa senzala!

Anúncios