Vejam só que sutil é a diferença
Que há neste conceito quando diz
Que não somos só humano e infeliz,
Peregrinando em busca de sabença…

Cada ser, apesar de que aqui adensa,
É igual ao Criador, nossa Matriz,
Que volta e aprimora a diretriz
Na mesma luta após cada nascença!

Nós não somos na essência um ser humano,
Numa experiência espiritual;
Somos espíritos, tipo divinal,

Voltando em nova experiência humana,
Que pode ser aqui (por ser mundana),
Repleta de ventura ou desengano!…

 

Anúncios