You are currently browsing the daily archive for sexta-feira, 28 agosto, 2015.

Quem de nós?

Quem de nós tem real convicção
Do seu próprio valor, das qualidades,
Não se ofende ao ouvir futilidades,
E nem sempre precisa ter razão?!…

Quem de nós sempre aceita correção
Se acaso se equivoca nas verdades
E agradece, porque não vê maldades,
Se o corrigem ou censuram numa ação?

Quem de nós tem modéstia controlada
Conhecendo-se, sem magoar por nada
Mesmo que alguém lhe diga um desaforo?

Quem de nós é correto em toda a essência
E jamais tem um peso na consciência,
Porque faz da humildade o seu decoro?!

Quanto tempo me resta de encarnado?
Seria mais um ano, cinco ou dez?
O que importa é estar firme sobre os pés,
Com o vigor que se vê num bom soldado…

O otimismo me faz resignado
E me mostra que diante de um revés
É preciso entender que a cada vez
Consertamos um pouco do passado.

Nunca fomos melhores do que somos,
Porque nós temos hoje o que somamos
Durante tantas vidas desiguais…

Agora, um pouco mais acrescentado,
Já não me sinto tão envergonhado
Como quando eu vivia um tempo atrás!

 

Você sabe que a Terra está mudando
De um mundo de prova e expiação
Para mundo de regeneração,
Mas sempre com Jesus no seu comando?!…

Tudo segue uma planificação;
É assim que cada um, só se elevando,
Sempre vai o progresso acompanhando
Para não se atrasar na evolução…

Quem quiser desfrutar a nova era,
Não senti-la somente qual quimera,
Mas como realidade ascensional,

Que seja mais humano, já de agora,
Porque quando raiar a nova aurora
Terá no novo mundo algo especial!

A imagem acima é um risco para pintura em óleo sobre tela, de Leonardo da Vinci.
Boletim Informativo "Tribuna Literária"
agosto 2015
S T Q Q S S D
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

Leituras

  • 60.562 poetas

Entre com seu email para assinar este blog e receber notificações de novos artigos postados.

Junte-se a 31 outros seguidores