Hoje, eu completei oitenta e seis anos -.
Seis de junho, assinala calendário -,
E, nessa jornada de octogenário,
Temerário, ainda faço planos. 

Tentarei esquecer os desenganos
E as frustrações do longo itinerário,
Que n’alma me marcaram graves danos,
Bem muito além do meu imaginário. 

Faz tempo que se foi  a juventude,
E hoje enfrento os percalços da velhice,
Cultivando, do espírito, a saúde. 

Mas, todo dia, renovo atitudes,
Que previnam, da idade, a rabugice,
E, da mente, as cruéis decrepitudes.  

Sebastião Aires de Queiroz.

06.06.2016

 

Junho de 2016.

 

 

 

 

 

 

 

 

Anúncios