You are currently browsing the monthly archive for março 2017.

Octávio Caúmo Serrano – 26/03/2017

Não quero só fingir que sou feliz,
Como disse o Raimundo em “MAL SECRETO”;
Pretendo para mim algo concreto
E não ter da alegria só o verniz!

Não vou sobreviver, como se diz,
Tal qual um descartável objeto;
Desejo oferecer do meu afeto,
Porque eu tenho em Deus minha Matriz…

Ninguém pode colher sem plantação,
Porque se toda ação gera reação,
Colher do que se planta é da ciência…

É certo que nem tudo é cor de rosa…
Que a sorte não é sempre venturosa,
Mas eu só quero é ter paz na consciência!…

Octávio Caúmo Serrano – 25/03/2017

Eu decidi (e estou me dando bem)
Dar somente importância ao que, em verdade,
Merece meu respeito, tem bondade,
E não a quem me trata com desdém!…

Preciso lhes dizer: – Vou mais além,
Porque já constatei que, em realidade,
O mundo só progride na maldade,
Se dermos importância ao que não tem…

A vida é cortesia; é gentileza!
Porque ela, realmente, é uma beleza
Que foi dada por Deus como presente…

Sei que é melhor amar que ter rancor,
Porque só é feliz quem tem amor,
Mas não serei com o falso conivente!…

Afinal:
O amor é doce; o ódio, amargo!
O amor é digestivo; o ódio, convulsivo!
O amor é sorriso; o ódio, carranca!
O amor é saúde; o ódio, doença!
Amemo-nos, independente dos outros, e sejamos felizes!…

Octávio Caumo Serrano 21/3/2017

Donald Trump só pensa no dinheiro;
Não sabe que a missão do seu país
É fazer o planeta mais feliz,
Socorrendo gente no mundo inteiro…

Se há muitos países belicosos,
Que cogitam só do enriquecimento,
Há também os que têm discernimento
E são ao mesmo tempo caridosos!

A Pátria do Evangelho é o Brasil,
Porque em sua pobreza existe amor,
Merece o nosso amparo o sofredor
Que viva sob o teto cor de anil.

Cada povo carrega uma missão;
Ainda que lhe caiba ter riqueza,
Deverá combater toda pobreza
Sem usar de violência ou opressão…

Jimmy Carter, John Kennedy ou Obama,
Mostraram como a força é importante,
Mas para defender o semelhante,
Usaram mais amor que a própria fama!

Com ditadores,  que haja temperança,
Para vencer os que agem com maldade
E fazem muito mal à humanidade,
Explorando seu povo e a vizinhança.

Mas um país de tantas tradições
Os Estados Unidos cobiçado,
Não pode deixar tudo abandonado,
Pois precisa ajudar outras nações.

– Reveja,  presidente, as suas medidas
Como um filho de Deus que está em ação;
Que haja paz no seu duro coração
E cuide, o mais que possa, de outras vidas…

Thank you, sir!

 

ONDAS DO PENSAMENTO
Octávio Caúmo Serrano – 10/3/2017
Para registrar o dia que as águas chegaram na Paraíba.

Eu vivo mergulhado, vivo imerso,
Num amplo rio de ondas variadas,
Onde entro e dou muitas respiradas,
Para garimpar no fundo um verso…

Quanto mais eu me embrenho, submerso,
Mais me enlevo nas altas revoadas;
Se aqui em baixo procuro e não há nada,
Me transporto até as nuvens do universo…

Eu lá vou, elas vêm, e, no trajeto,
Encontro aquilo que é o meu objeto,
E chega a inspiração que estou buscando…

Ondas nobres, de calma, ondas de amor…
Sortilégio que me enche de fervor
E eu fico, flutuante, divagando!…

Ah! Sinto-me agora com 5 quilos…

Octávio Caúmo Serrano – 2/3/2017
(Fiz em homenagem a mim mesmo, um dos grandes bobocas deste país, logo depois de entregar minha declaração do Imposto de Renda de 2017. Eram 16:58:28 do primeiro dia. E com imposto a pagar apesar de ser aposentado e ganhar bem menos do que as regras prometeram. É um país de desonestos.)

Um inspirado disse certa vez
Que o “povo é só uma porção de ninguém”.
A tudo ele se curva e diz amém,
No país que já foi do português!…

O mesmo se deu quando o holandês
Chegou cá no nordeste e quis, também,
Tirar uma casquinha e se dar bem
Assim como o espanhol e até o francês!

A índole do povo é muito boa,
Mas deixa-se levar por coisa à-toa,
Acreditando em tudo, de boa fé;

Por isso é que só tem tipo ladrão,
Há muito, nos governos da nação,
Querendo derrubar quem resta em pé!

Octávio Caúmo Serrano – 2/3/2017

É muito imprevisível o que acontece
Nos momentos de dor ou de aflição,
Que podem nos causar decepção,
Se não nos socorrermos de uma prece,

Visando reverter a situação.
Mas, claro, quando a ajuda se merece!…
Feito  isso é bem comum que logo cesse
O mal e que apareça a solução…

Orar não nos faz ser privilegiados,
Porém nos deixa mais encorajados
Para buscar em Deus paz e bonança;

Mas quem confia mesmo quando ora,
Já pode perceber, na mesma hora,
Que se enche de mais fé e de esperança!

A imagem acima é um risco para pintura em óleo sobre tela, de Leonardo da Vinci.
Boletim Informativo "Tribuna Literária"
março 2017
S T Q Q S S D
« fev   abr »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

Leituras

  • 54,431 poetas

Entre com seu email para assinar este blog e receber notificações de novos artigos postados.

Junte-se a 25 outros seguidores