Estamos assustados. As noticias são as piores. Mas embora mergulhados no Apocalipse, ninguém imagine que a nau está à deriva. O timoneiro segue no comando e o rumo nunca sofreu desvio, apesar do vigor das procelas.
Somos como peixe na mão do pescador. Ceva-nos e quando distraímos, arrasta-nos fisgados  ante a nossa fraqueza. Peixes graúdos ou miúdos terão a mesma sorte, segundo as águas em que nadem. Que tamanho temos nós e em que água mergulhamos?
O joio está sendo apartado do trigo… O trigo será aproveitado e o joio lançado fora; escolha o que quer ser! Corra porque os tempos estão se apressando! Já estamos na prorrogação!

DEPOIS DA TEMPESTADE 18/05/2017
Octávio Caúmo Serrano

Estamos precisando de reformas,
Pois tudo agora é só corrupção;
Mas não será fazendo outra eleição,
Que vamos restabelecer as normas…

A solução virá por outras formas,
Ditadas pelo Pai da Criação,
Porque virão por Sua “Revolução”
As mais definitivas plataformas…

O expurgo começou e só não vê
Quem é um distraído, igual você,
Que pensa que o homem manda em tudo…

Mas ao chegar a hora da verdade,
Diante dessa nova realidade,
Até o mais prepotentes fica mudo!…

Anúncios