Voltando do estudo no Centro Kardecista Os Essênios, agradecendo pela bênção da vida. Especialmente pelo dia de hoje!

Ninguém pode ser feliz diante da infelicidade; ninguém pode degustar seu manjar frente a uma criança faminta… Ou estamos todos bem ou todos vamos sofrer.
No dia que entendermos o significado das lições do Evangelho nossos sofrimentos terminarão. Quando acreditarmos que as virtudes beneficiam o virtuoso primeiro, assim como os defeitos prejudicam antes os seus portadores, teremos mais interesse em perdoar e banir a mágoa do nosso pensamento. Uma higiene espiritual.
Francisco, o de Assis, já advertiu que é perdoando que se é perdoando e que amando é que se é amado. Perdoado e amado por quem? Por nós mesmos, é evidente. Nós somos o nosso maior algoz.  Ninguém fica irritado com o outro sem irritar a si mesmo.
Por que algo tão simples é tão difícil de ser entendido? E estão aí as raízes de todos os infortúnios. Duvidam? Façam o teste. Se do jeito que vivemos não está dando certo, tentemos algo novo. Vale pela experiência. Use mais o perdão, a paciência e a solidariedade.
Dá um trabalho danado!… É de lenta execução. Mas no fim, podem crer, vale à pena.

QUEM DÁ RECEBE – 17/5/2017
Octávio Caúmo Serrano

Se eu faço o bem a alguém, o outro me diz:
– Deus lhe pague; e que Ele o abençoe,
Que as suas faltas também sempre perdoe,
Para que venha a ser muito feliz!…

Quem segue o Cristo em sua diretriz
E o que tem de melhor isso é o que doe,
Que nem ante o inimigo se magoe
Aceitando seus erros, sem ser juiz,

Se sente sempre em paz, porque a doação
Nos engrandece a alma e o coração,
Livrando-nos das farsas dos engodos…

E já que Deus me deu, como presente,
Recursos, eu ajudo muita gente,
Porque enquanto um chorar, choramos todos!…

Anúncios