A história das três peneiras de Sócrates é um lema que devia ser mais bem utilizado na mídia. Em vez de divulgar tanto sensacionalismo e essa avalancha de conversa fiada e mentirosa, os meios de comunicação deveriam restringir suas notícias ao indispensável quando se tratar de espalhar terror e ocupar seus espaços para espalhar cultura, arte e informações de utilidade. Que tal cada jornal de grande circulação reservar espaço para uma poesia todo dia? Se não houver arte de um novo poeta, divulgue o que já existe no grande acervo cultural do nosso rico país; pelo menos nesse aspecto. Um soneto, em favor do otimismo!

TRÊS PENEIRAS – 7/6/2017
Octávio Caumo Serrano

Quando for divulgar uma notícia,
Não se apresse. Analise com paciência,
E não terá problemas de consciência
Por falar inverdades; é estultícia!

Tanta gente que usa de imperícia,
Porque é de limitada inteligência,
E como nunca pensa com prudência,
Enche o mundo somente de imundícia.

Quanta tinta hoje é gasta nos jornais
Divulgando inverdades tão banais,
Tendo um gasto muito mal empregado!

Pense bem ao contar sua novidade,
Se é verdade, bondade, utilidade;
E se não for, então, fique calado!…

 

Anúncios