Num mundo de tanta desigualdade, os que choram miséria são exatamente os que não deviam fazê-lo. Se dividirmos o salário de muito chorão por 2 e até por 4, estejamos certos de que 90% da população brasileira gostaria de trocar de lugar com ele. Não chore sem razão. Se Deus escuta vai testá-lo no verdadeiro sofrimento.

CHORAR DE BARRIGA CHEIA – 7/8/2017
Octávio Caumo Serrano

Você reclama que sua vida é dura,
Mas se guarda até um pouco nas poupanças,
Para poder viajar com as crianças,
Sua vida até que é boa, oh criatura!…

Há quem rode o dia todo só à procura
De emprego, mas, no fim de suas andanças,
Só ouve não… Já nem tem esperanças
De trabalho; está à beira da loucura!

Registro na carteira? Nem pensar!
Ele apenas espera faturar,
Mesmo de camelô ou sacoleiro…

Faz bico oito horas, nove ou dez,
E como almoço come dois pasteis,
Regados a um “refri”; quando há dinheiro!…

Anúncios